Como adaptar os colaboradores a um novo sistema de ponto?

Como adaptar colaboradores a um novo sistema de ponto?

Um dos principais questionamentos que surgem durante o nosso processo de onboarding com os nossos clientes é sobre as boas práticas para ajudar na adaptação dos colaboradores a um novo sistema de controle de ponto. Por isso, resolvemos abordar o assunto aqui no Tique Blog, vamos juntos?


O que é sistema de ponto?

O sistema de ponto é o sistema responsável por realizar o controle de ponto. É nele onde serão registrados os horários de entrada, intervalos, saída e horas adicionais de cada funcionário.

De maneira simplificada pode parecer simples, mas na prática podem haver diversos percalços. Acredite, de controle de ponto a gente entende. 😅


Quais os principais benefícios do controle de ponto digital?

Além de deixar sua empresa protegida e acobertada por Lei, o controle de ponto digital possui outras diversas vantagens.

Mantenha o banco de horas e as horas extras dos funcionários sob controle, economize tempo (e dinheiro) com fechamento de ponto e muito mais.

Quer saber mais vantagens que um Controle de Ponto Digital oferece? Então acesse o nosso site.


Qual a importância de envolver os colaboradores na adaptação do sistema?

Como falamos no nosso artigo sobre Onboarding, a integração de novos funcionários é de extrema importância, uma vez que impacta diretamente nos resultados da equipe.

Logo, envolver a equipe nesse processo de adaptação a um novo sistema vai refletir diretamente no processo e no resultado desejado, que no caso é a rápida adaptação do time ao novo modelo de registros.


Gestão eficiente de pessoas. Esse é o ponto. Em: Como adaptar os colaboradores a um novo sistema de ponto?

Como adaptar os colaboradores a um novo sistema de ponto?

Todo processo de mudança traz consigo aquela resistência inicial.

Nas primeiras semanas é normal que muitos funcionários acabem esquecendo de utilizar ou tenham um pouco de dificuldade para manusear o novo sistema. Também vão haver aqueles que vão resistir por simplesmente não concordarem com a mudança ou com a necessidade do controle de ponto.

Então, como adaptar colaboradores a um novo sistema de ponto? Para facilitar essa integração, o processo pode ser dividido em três etapas:

1. O aviso prévio:

Logo que a mudança do sistema de controle de ponto for acertada, você deve começar a preparar seus colaboradores informando de maneira antecipada que haverá essa troca e já fornecendo o máximo de informações possíveis sobre o novo sistema.

Assim, eles vão poder entender os motivos que levaram a gestão a decidir pela mudança e talvez já entender antecipadamente como o novo sistema funciona. Isso vai refletir diretamente na adaptação.

2. O treinamento:

Quando o novo sistema for implementado (de preferência, TiqueTaque 👀), não haverá surpresa. Todos foram avisados antecipadamente e agora é a hora de colocar o conhecimento prévio em prática. O ideal é que o Departamento Pessoal explique detalhadamente o funcionamento e ajude os funcionários de forma prática a utilizá-lo.

Organizar um evento interno de treinamento com os colaboradores pode ser uma boa saída.

3. A adaptação:

Por fim, cabe à empresa oferecer todo o apoio necessário. Mesmo após um treinamento é normal que haja colaboradores com dificuldade com o novo sistema ou até que tenha faltado ao treinamento, logo, é importante ter um plano de ação contínuo, a fim de quebrar também aqueles que seguirem resistentes ao novo sistema.

Quando essas três etapas estiverem concluídas e funcionamento perfeitamente, todo o empenho em preparar as equipes para e durante a mudança terá valido a pena.


Palavra da nossa Líder de Customer Success

Para concluir, pedimos a colaboração da Jessyca Partica, líder do nosso time de Customer Success

A adaptação a um novo sistema de ponto pode ser tranquila para os colaboradores, mas como dito ao longo do texto, é muito importante incluí-los no processo, desde a aquisição até a utilização. Sem esta participação desde o início, os colaboradores podem ser pegos de surpresa e isso pode gerar uma dificuldade de aceitação.

Esta dificuldade pode levar, por exemplo, a um esquecimento constante dos registros. O ponto mais importante deste processo é a empresa orientar e mostrar que o sistema de ponto é para eles, deixando de lado aquela visão de obrigação e controle da empresa.

Realizando os registros o seu colaborador poderá saber suas horas trabalhadas, horas extras ou banco de horas realizado, horas de adicional noturno etc. Com o sistema da TiqueTaque também poderá pedir ajustes, atestados, visualizar seu espelho ponto e visualizar estimativas de salário. Desta forma, seu colaborador conseguirá sentir a transparência em todo este processo, nos registro de ponto, ficará mais tranquilo e se sentirá pertencente a esta novidade.”


Então. Vamos adaptar os seus colaboradores a um novo sistema de ponto?

Ou melhor dizendo, vamos adaptá-los à TiqueTaque? 💜

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Enter Captcha Here : *

Reload Image