O que é Síndrome de Burnout?

capa do blog sobre Síndrome de Burnout

O Burnout é um distúrbio psíquico, estimulado principalmente pela tensão e estresse no trabalho.

A Síndrome de Burnout, ou também conhecida como Síndrome do Esgotamento Profissional, é quando todo o desgaste físico e emocional causados principalmente pelo trabalho, começam a trazer problemas para de saúde. 

Existem muitos motivos que podem acarretar a Síndrome. Metas inalcançáveis no trabalho, por exemplo, geram uma constante sensação de incompetência, além da pressão constante para atingir esses objetivos. Além disso, competição muito alta dentro da empresa e o acúmulo de funções podem também motivar o problema.

Por outro lado, existem algumas profissões com uma tendência maior a desenvolver a síndrome, que geralmente exigem envolvimento interpessoal contínuo, como professores, bombeiros, enfermeiros, médicos e profissionais de Recursos Humanos e Departamento Pessoal. 

Seja como for, o principal motivo para o desenvolvimento da Síndrome de Burnout é o excesso de trabalho – mas é claro que o que acontece na vida pessoal do profissional também influencia a saúde mental dele. 

Leitura recomendada: Tudo que você precisa saber sobre absenteísmo no trabalho

Sintomas da Síndrome de Burnout

É comum que os sintomas apareçam lentamente, de forma moderada. Sendo assim, se não forem percebidos logo, eles vão piorando e, na pior das hipóteses, podem até se transformar em uma depressão profunda.

Nesse sentido, é muito importante prestar atenção já nos primeiros sintomas da Síndrome. Eles existem tanto emocionalmente quanto fisicamente.

Emocional

  • Exaustão mental
  • Agressividade e irritabilidade
  • Isolamento
  • Mudanças de humor
  • Dificuldade de concentração
  • Lapsos de memória
  • Baixa autoestima
  • Ansiedade
  • Depressão

Físicos

  • Dores de cabeça
  • Enxaqueca
  • Cansaço
  • Sudorese
  • Palpitação
  • Pressão alta
  • Dores musculares
  • Insônia
  • Crises de asma
  • Distúrbios gastrointestinais

Diagnóstico

O diagnóstico é feito por psicólogo ou psiquiatra, afinal, são os médicos que cuidam da saúde mental. 

Tratamento

O tratamento é feito a partir de psicoterapia e remédios, tudo prescrito pelos médicos responsáveis. Aqui no Brasil, temos esses tratamentos de graça através do SUS.

Mas é claro que não adianta fazer tratamento médico, mas não realizar mudanças da rotina do trabalho, e também pessoal.

Prevenir a Síndrome de Burnout é melhor que remediar

Existem algumas dicas para evitar o acúmulo de estresse, que, por sua vez, podem evitar a Síndrome de Burnout. 

  • Defina pequenos objetivos a serem completados
  • Tenha atividades de lazer
  • Fuja da rotina às vezes
  • Evite pessoas negativas
  • Faça atividade física
  • Tenha consciência que a utilização de álcool e drogas pode agravar o quadro
  • Não se automedique

Outro ponto importante a se levantar é que nós devemos estar sempre abertos a ouvir amigos e familiares, afinal, nem sempre uma pessoa com a Síndrome percebe o que está ocorrendo.

A empresa tem um papel muito importante para a prevenção do Esgotamento Profissional, a partir do pagamento correto, jornada de trabalho regular, ambiente de trabalho confortável e abrindo o diálogo entre gestores e subordinados

Saiba mais: A importância da autonomia dos funcionários para a empresa


Quer facilitar a Gestão de Ponto na sua empresa? A TiqueTaque é uma solução intuitiva e moderna para gerenciamento de ponto e jornada de trabalho. Saiba mais!

Foto: Canva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image